Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
Logon

Notícia

Com o horário de verão Energisa tem economia de 0,37% no consumo

Na última madrugada de domingo, 19/02, terminou mais uma edição do horário brasileiro de verão. Os relógios foram atrasados em uma hora nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do país. A medida tem como objetivo aproveitar melhor a luz solar durante o período e estimular o uso consciente da energia elétrica.

Em vigor desde outubro, a Energisa tem 373 municípios em sua área de concessão que aderem ao horário de verão. Juntas, essas cidades alcançaram uma economia de 28.490 MWh (megawatts-hora), o que significa o consumo de 151,7 mil residências durante um mês ou de uma cidade com aproximadamente 455 mil habitantes durante o mesmo período.

Segundo Stevon Schettino, gerente de Operação do Sistema da Energisa, a temporada não só reduz o consumo, mas principalmente a demanda. "Com o horário de verão reduz-se o esforço do sistema, ou seja, as pessoas mudam seus hábitos e há um alívio no uso das redes de transmissão de energia no horário de pico. Por exemplo, no início da noite, o consumo de energia residencial é diluído e normalmente não coincide com o horário em que as luzes da iluminação pública são acesas, o que torna o sistema de distribuição mais seguro", destaca.

A economia não pode parar

Mesmo com o término do horário de verão, a Energisa continua a incentivar seus clientes a usarem a energia de forma consciente. Para saber o valor aproximado dos gastos de sua residência, utilize o Simulador de Consumo da Energisa: com ele é possível inserir os eletrodomésticos de cada cômodo e ter um valor aproximado das despesas com energia (kwh).

Compartilhe nas redes sociais