Energisa Juntos

Dia Internacional da Mulher: a celebração de uma luta ininterrupta

Energisa tem compromisso com a equidade de gênero, e um dos objetivos é aumentar a presença das mulheres nos cargos técnicos e de liderança.

Publicada em: 08/03/2024

 Categoria:

 Comunidade

 Região: 

Região: 

Brasil

O setor elétrico é tradicionalmente associado a trabalhos exercidos majoritariamente por homens. Ao longo dos anos, a Energisa vem criando oportunidades e políticas de treinamento específicas para contar cada vez mais com a presença feminina em todas os setores da empresa.

Hoje, o Grupo conta 3.234 mulheres em seu time, o que representa 19,3% do total de colaboradores, sendo 271 (21,5%) em cargos de liderança e centenas em atividades tradicionalmente consideradas masculinas, como eletricistas de distribuição, eletricistas de linhas de transmissão, técnicas de manutenção e líderes de equipes.

Para marcar a data de hoje, ouvimos histórias de mulheres que se superaram, correram atrás de seus sonhos, lutaram contra preconceitos e, hoje, desempenham papéis fundamentais dentro da empresa. Um jeito de reafirmar o compromisso do Grupo com a força feminina, inspirar e incentivar outras colaboradoras a seguirem perseverando em seus propósitos de carreira.

Erika Ferrari: Evolução em 26 anos de carreira

Valorizar as colaboradoras com respeito e acreditar no potencial dos talentos internos são marcas registradas da Energisa. A história de Erika Ferrari dentro do Grupo é de muita dedicação recompensada com evolução.

Erika está na Energisa há 26 anos e já passou por diversas funções. Hoje, ela é a primeira mulher diretora técnica e comercial do Grupo Energisa, lotada em Sergipe. Sua carreira iniciou como estagiária em Cataguases/MG e, ao longo da sua trajetória, passou pelos Departamentos de Operação, Construção e Manutenção, além de atuar como gerente de Planejamento e Orçamento. Erika tem uma trajetória marcada por profissionalismo e paixão pelo que faz.

A minha carreira profissional foi toda construída dentro da Energisa, que me proporcionou grandes oportunidades de crescimento. É um sentimento de pertencimento e orgulho por tudo o que conquistei ao longo desses anos, que culminou nessa grande conquista que é ocupar a função de diretora técnica e comercial. É desafiante e gratificante esse reconhecimento do meu trabalho”, enfatiza Erika.

Erika Ferrari

Mariana Sacramento: Liderando com leveza e competência

Ser mulher e coordenar equipes formadas majoritariamente por homens é quebrar barreiras e preconceitos. Mariana Sacramento, da Energia Minas Rio, realiza essas funções com leveza e extrema competência. Coordenadora de Manutenção de Subestações de Linhas de Alta Tensão, ela também é uma potência que inspira. Em 2022, na contingência em Muriaé, coordenou uma equipe de 40 profissionais e colaborou na reconstrução de três torres no município. Recentemente, Mariana liderou um time de aproximadamente 100 homens para colocar em funcionamento a Subestação Pirapetinga II.

Encaro meu papel com muita naturalidade. Apesar de entender que ainda há mais homens que mulheres neste tipo de posição, sempre soube que as mulheres são capazes. Recebi todo apoio aqui na Energisa para evoluir e desempenhar esse papel. Acredito que o meu exemplo aqui é uma prova da nossa capacidade. E também serve de incentivo para que outras mulheres acreditem nos seus potenciais. Existe espaço e vou adorar dividir experiência e uma jornada de trabalho com mulheres cada vez mais talentosas aqui na Energisa.”

Mariana Sacramento

Andressa Vieira: superação e inspiração

Histórias de superação atravessam todo o Grupo Energisa e sempre merecem ser valorizadas. Andressa Cristina da Silva Vieira sofreu um enorme trauma ainda muito jovem: perdeu uma perna quando ainda era adolescente, em um acidente de trem. Mas Andressa nunca perdeu a força para lutar. Após o trauma da juventude, ela casou-se, teve três filhos, sendo um casal de gêmeos. Andressa começou na empresa como assistente administrativa, entrando em uma vaga para PcD (pessoa com deficiência), mas não parou por aí. Por meio do programa de bolsas de estudos, fez uma graduação e recentemente foi promovida a analista de RH. Neste mês de março, completa 5 anos de sucesso na empresa.

A Energisa me deu força para crescer. Em nenhuma outra empresa que trabalhei fui tão incentivada como aqui. Em outros lugares, me enxergavam como vítima, mas a Energisa olhou para o meu potencial. Lembro que meu antigo gestor na época me incentivou a participar das caminhadas pelo Viva Energia. Apesar da minha deficiência, encarei o desafio e foi muito bom para mim. Foram experiências que me fizeram crescer como pessoa e como profissional.”

Andressa Vieira

Juliana Feitosa: Saúde em dobro para trabalhar e viver melhor

Para a Energisa, não há nada maior do que o valor “Vida”. Sendo assim, o grupo reafirma diariamente o seu compromisso com a prevenção e promoção à saúde integral dos seus colaboradores e dependentes, por meio da adoção de melhores práticas e outras ações diversas. Entre os destaques, está o Programa Viva Energia, que conta com o modelo de três pilares de atuação: Saúde Ocupacional, Saúde Assistencial e Qualidade de Vida.

O Programa para Gestantes é um dos que fazem parte do guarda-chuva do Viva Energia e atende tanto às colaboradoras quanto às esposas dos colaboradores. O objetivo é apoiar no cuidado da saúde da gestante e do bebê, orientando sobre a necessidade do pré-natal, parto adequado, amamentação e todo o acompanhamento, que se encerra somente após um ano de vida da criança.

Com 5 meses de gestação, Juliana Cristina dos Santos Feitosa é atendente comercial na agência de Dourados desde 2022 e relata o apoio da empresa neste momento especial vivido por ela pela primeira vez:

O programa é ótimo, tiro várias dúvidas, que às vezes não consigo com o obstetra, com as enfermeiras da plataforma Bella Materna; são sempre muito atenciosas”.

Além do aplicativo Bella Materna, que oferece agendamento de consultas 24h/dia, 7 dias da semana com especialistas em saúde da mulher, obstetrícia, pediatria, consultoria de amamentação e nutricionistas, o programa conta ainda com outros benefícios:

  • Isenção de coparticipação em consultas e exames médicos durante todo o período de assistência;
  • Acompanhamento e orientações com equipe multiprofissional;
  • Kit maternidade para a mãe e bebê.

Juliana Feitosa

“Euri” Bispo: primeira eletricista mulher

Nos bastidores da Energisa Rondônia, há uma figura ilustre, uma mulher que desafia os limites diários ao escolher para si a profissão de eletricista. Eurilene de Almeida Bispo, ou simplesmente Euri, tem trilhado esse caminho desde 2012.

Quando a Energisa chegou a Rondônia, Euri vislumbrou uma oportunidade única. Ela inscreveu-se no processo seletivo, fez vários testes e tornou-se a primeira eletricista mulher da concessionária do estado. Não foi uma jornada fácil, mas cada desafio foi um degrau para o seu sucesso.

No dia a dia, os meus maiores desafios são trabalhar priorizando a segurança, alcançar resultados com planejamento e muita, muita criatividade. Faça sol ou chuva, quando trabalhamos com foco e em equipe, conseguimos alcançar nossas metas”, explica Euri.

No dia 6 de março, Euri completou 4 anos na Energisa Rondônia. Ela recorda com carinho um momento de grande felicidade, quando teve a oportunidade de representar a empresa em São Paulo no prestigiado prêmio GPTW Brasil.

Ser eletricista, para mim, é mais do que uma profissão, é uma missão, e eu estou comprometida com ela de corpo e alma.”

Euri Bispo

Naelri Jani: Geração Energia formando mulheres

Em 2022, a Energisa lançou um novo programa para formação profissional em Mato Grosso. O Geração Energia é uma ação gratuita e realizada em parceria com o Sesi e Senai.

Em 2023, 19 mulheres tiveram a formação para leiturista pelo Geração Energia em Cuiabá e Sinop. O programa ofereceu capacitação profissional técnica e suporte como mentorias e desenvolvimento de habilidades comportamentais gratuitas. O objetivo era apoiar pessoas em situação de vulnerabilidade e desenvolver profissionais preparados para entrarem no mercado de trabalho com ética e responsabilidade.

Naelri Jani, de 30 anos, participou do Geração Energia quando ainda trabalhava como terceirizada na equipe de limpeza da concessionária. Após a formação do curso, ingressou como leiturista na cidade de Sinop.

Eu vim de uma realidade muito difícil, sem oportunidades. O projeto foi fundamental na minha vida e trouxe a possibilidade de aprender mais. Sempre recebi muito apoio aqui na empresa e está sendo muito gratificante pra mim. Estou aqui pra somar junto com esse time que é nota 10!”.

Naelri Jani

 

dia da mulher, diversidade, feminismo, Equidade de gênero

Compartilhe essa notícia