Energisa Juntos

Energisa celebra 5 anos de presença em Rondônia

Acesso à energia segura melhorou a qualidade de vida da população e impulsionou o estado para o desenvolvimento social e econômico

Publicada em:

 Região: 

Região: 

Rondônia

Transformação talvez seja a melhor palavra para descrever o impacto da Energisa após 5 anos em Rondônia. Transformação energética, é claro, ao fornecer e utilizar de forma eficiente diversas fontes de energia para atender as necessidades dos rondonienses. Transformação de uma estrutura que até então era considerada precária. Mas a maior transformação percebida, nos quatro cantos do estado, do pequeno ao grande produtor, da dona de casa ao empresário, foi a transformação no relacionamento com a população, que hoje confia na presença de um Grupo verdadeiramente preocupado em transformar vidas. 

Já imaginou esperar 30 anos para ter energia elétrica na sua residência? Não poder refrigerar alimentos, ou usar um ventilador para se refrescar? Essa era a realidade de muitos rondonienses antes da chegada da Energisa ao estado. Não foram medidos esforços para transformar este cenário, porque energia é desenvolvimento, é inclusão, é empoderamento. E com isso em mente, a Energisa fez investimentos audaciosos que envolveram obras de construção, ampliação e modernização, capacitação dos colaboradores, uso de novas tecnologias e aquisição de equipamentos. A população rondoniense hoje conta com um Grupo que tem o compromisso em entregar um serviço de excelência e confiável: para seus lares, para o setor produtivo e para todos aqueles que se interessam em investir no estado.

Transformando a qualidade de vida dos rondonienses

Desde que passou a atuar em Rondônia, há cinco anos, a Energisa trabalha para garantir o acesso e a melhoria contínua da qualidade da energia para o rondoniense. A empresa está presente e a serviço de todos os 52 municípios, para cerca de 700 mil clientes, com o compromisso de tratar cada um deles como se fosse único.

Se melhorou a vida? Sim, melhorou muito! O peixe estragava logo e agora ele não estraga mais. Temos água bem gelada e a melancia também fica bem geladinha na geladeira – comemora Olívia Marques Laborda, moradora da comunidade de Ressaca.

Olivia é uma das 20 famílias ribeirinhas que moram em Ressaca, uma região que antes convivia com lamparinas e com os barulhentos e caros geradores portáteis. Hoje, Ressaca e outras comunidades atendidas pelo programa de universalização do acesso e uso da energia elétrica, Luz Para Todos (LPT), têm eletricidade em casa. Estamos falando de um total de 900 famílias ribeirinhas e quilombolas de Rondônia que tiveram suas vidas transformadas graças a energia elétrica, ainda por cima, energia limpa, por meio de placas solares para a geração de energia.

Comunidade de Ressaca, no Baixo MadeiraComunidade de Ressaca, no Baixo Madeira

O programa Luz Para Todos (LPT) também promoveu o acesso à energia por rede convencional para as pessoas que vivem na área rural. Em Rondônia, desde 2019, até o ano de 2025, a Energisa terá atendido cerca de 23 mil famílias do estado. O programa beneficia principalmente famílias de baixa renda que geralmente vivem em regiões de difícil acesso e distantes dos centros urbanos.

A Energisa também tem ampliado significativamente o alcance do Tarifa Social, programa do Governo Federal que oferece descontos de até 65% na conta de energia elétrica para clientes indígenas, quilombolas ou famílias de baixa renda cadastradas no CadÚnico. Nestes cinco anos de atuação, ela triplicou o número de clientes que agora podem contar com o desconto na conta de energia, passando de 43 mil para mais de 130 mil.

Ranes Nascimento, uma das contempladas com a Tarifa Social em Porto Velho. Ranes Nascimento, uma das contempladas com a Tarifa Social em Porto Velho.

A substituição de geladeiras ineficientes e obsoletas por modelos mais eficientes e econômicos também mudou realidades de famílias de baixa renda. De 2018 pra cá, já foram trocadas quase 3 mil geladeiras e 90 mil lâmpadas, promovendo o uso eficiente da energia. Estas substituições fazem parte do Programa de Eficiência Energética (PEE), onde 65 projetos foram desenvolvidos com investimento de R$ 54 milhões, gerando economia de energia no estado.

Transformando a oferta e o acesso à energia limpa

A Energisa tem um compromisso real com o futuro e com o desenvolvimento das comunidades onde está inserida, e tem trabalhado para que a energia distribuída até os lares dos clientes seja de fonte renovável. Nesses 5 anos em Rondônia, 13 termelétricas foram desligadas e mais de 290 mil toneladas de CO2 deixaram de ser emitidas por ano na atmosfera. Isso equivale ao plantio de mais de 40 milhões de árvores, que ocupariam uma área de mais de 20 mil campos de futebol.

Rio Madeira

O programa de descarbonização do Grupo Energisa é o maior do país, com a previsão de desativar um total 19 térmicas a óleo diesel até 2025. Substituir termelétricas isoladas por subestações interligadas ao sistema elétrico nacional é um passo crucial na transição energética, garantindo energia limpa e de qualidade. A empresa construiu ou modernizou 74 subestações em Rondônia, trazendo muito mais confiabilidade para o sistema elétrico e aumentando a oferta de energia para toda a população. A instalação das subestações possibilita também a atração de novas empresas e indústrias, o que contribui para o desenvolvimento da economia.

Como secretário de Finanças, eu posso afirmar que a gente observa uma melhoria significativa da disponibilidade e da qualidade da energia no estado, o que é fundamental, especialmente, para o crescimento industrial. Conversando com indústrias que são consumidoras intensivas de energia elétrica, como as da área de mineração, eu tenho ouvido que nos últimos cinco anos melhoraram muito as possibilidades de expansão da capacidade instalada já que não há a indisponibilidade que havia antes. Reconhecemos a contribuição efetiva da Energisa para o crescimento econômico de Rondônia – destaca Luís Fernando Pereira, secretário de estado de finanças de Rondônia.

Transformando o relacionamento com a comunidade em que está inserida

Eu posso dizer que a equipe da Energisa é muito boa. Eu, aqui na cidade, não posso reclamar, e no interior eu também tiro o chapéu para a equipe que me atendeu lá. Tanto do motorista as pessoas que colocaram o poste no chão. É uma equipe que trabalha unida, todos juntos – afirma Lindnalva Rodrigues, moradora de Porto Velho.

Tantas transformações em Rondônia só foram possíveis graças ao trabalho incansável do time Energisa. As equipes, que receberam mais de 400 mil horas de treinamento, se unem na missão de atender cada cliente como único. Juntos, todos entendem que seu papel é muito maior que levar energia aos lares, e trabalham para proporcionar qualidade de vida, desenvolvimento e inclusão para os rondonienses. E os números confirmam: houve uma redução de 50 % das reclamações recebidas pela empresa no 1º trimestre deste ano, em comparação com o mesmo período do ano passado.

A Energisa se fez presente também nas escolas. Em 2022 foi iniciado o projeto Energisa nas Escolas, que leva informações sobre os cuidados com a rede elétrica para estudantes da rede pública de ensino, de forma lúdica e divertida. No ano passado, cerca de mil crianças participaram da ação aprendendo a soltar pipa de forma segura além de se informar sobre os cuidados para se evitar acidentes nos períodos de chuva.

O técnico em segurança do trabalho da Energisa, Claudinês Duarte, ou “Tio Claudinês”, no projeto Energisa nas Escolas O técnico em segurança do trabalho da Energisa, Claudinês Duarte,
ou “Tio Claudinês”, no projeto Energisa nas Escolas

O projeto Soldado Cidadão, parceria da Energisa com o Senai, o Exército e a Força Aérea Brasileira, é mais uma iniciativa do Grupo para transformação através da inclusão. O programa capacita gratuitamente ex-militares para atuarem como eletricistas de redes de distribuição no estado. Desde que o projeto foi criado, em 2019, quase 200 pessoas passaram pelo curso. E se engana quem pensa que o público é totalmente masculino. O curso é oferecido também para mulheres e a primeira turma formou este ano com 31 alunas.

Passados cinco anos, podemos dizer, sem sombra de dúvidas, que a história escrita foi transformadora. Houve um salto nos indicadores de disponibilidade e qualidade de energia. A capacidade energética aumentou e o estado foi preparado para receber investimentos pelos próximos 20 anos, afinal, não falta mais energia para quem quer investir. Temos uma concessão de 30 anos e permanecemos com o compromisso de continuar oferecendo para os nossos quase 700 mil clientes, em todos os 52 municípios de Rondônia, uma energia limpa e de qualidade – assegura André Theobald, diretor-presidente da Energisa Rondônia.

Infográfico com principais números de 5 anos de atuação em RondôniaInfográfico com principais números de 5 anos de atuação em Rondônia

aniversário, Desenvolvimento econômico, Amazônia Legal

Compartilhe essa notícia