Energisa Juntos

Energisa é reconhecida como uma das empresas mais inovadoras do setor elétrico

Só em 2022, empresa investiu R$ 40 milhões em P&D para entregar energia com mais qualidade e menor custo

Publicada em: 02/08/2023

 Categoria:

 Inovação

 Região: 

Região: 

Brasil

A Energisa foi reconhecida como uma das empresas mais inovadoras do setor elétrico pelo anuário Valor Inovação Brasil 2023, do Valor Econômico. Neste ano, a companhia ficou em 2º lugar no setor elétrico e em 28º lugar no ranking geral das 100 empresas mais inovadoras do Brasil. Isso representa um salto de 32 posições em relação ao ranking de 2022, quando a empresa havia ficado em 60º lugar, fruto do compromisso de investir continuamente em pesquisa e inovação.

O programa de inovação da Energisa é baseado na ideia de que a empresa deve estar sempre à frente das tendências tecnológicas e oferecer aos seus clientes as melhores soluções possíveis. A companhia acredita que a inovação é fundamental para garantir a competitividade no setor elétrico, que está em constante transformação.

Atualmente, os temas de inovação que o Grupo mais investe são em advanced analytics e inteligência artificial aplicada à gestão de serviços de campo (alocação de equipes, comercialização de energia e gestão da vegetação); automação e resiliência do grid via desenvolvimento de sensores e equipamentos para suporte à tomada de decisão dos times de Engenharia e Operação da rede; e, por fim, a novos negócios relacionados a geração distribuída, mobilidade elétrica e sistema de armazenamento de energia (Energy Storage System).

A Energisa ainda explora oportunidades em geração distribuída, mobilidade elétrica e sistemas de armazenamento de energia, contribuindo para a diversificação e sustentabilidade do setor elétrico.

Vários destes projetos já foram temas de matérias aqui no Energisa Juntos. A seguir, conheça alguns dos projetos de inovação da Energisa:

Fintech Voltz: a jornada de pagamentos da conta de energia para todos:

A fintech Voltz é um exemplo concreto da busca contínua da Energisa pela inclusão digital e financeira de todos os públicos. Nasceu como um processo de venture building dentro da companhia e concentra-se na jornada de pagamentos da conta de energia para as classes B, C e D.

Energisa Digital Labs (EDL): ponto de encontro para inovação e inteligência artificial:

O Energisa Digital Labs (EDL) é um centro de excelência em advanced analytics e inteligência artificial. Seu objetivo é construir produtos e serviços voltados para os clientes e soluções para o setor elétrico brasileiro. O laboratório se destaca como um espaço para inovação, criatividade e colaboração entre colaboradores, parceiros e clientes. O EDL busca estreitar parcerias com players de mercado, ecossistema de startups e instituições científicas para gerar valor por meio da inovação tanto para a Energisa quanto para o setor elétrico brasileiro e mercados internacionais.

Programa E-Nova 4.0: estímulo à criatividade e desenvolvimento colaborativo

O E-nova é uma incubadora de ideias que funciona como uma incentivadora do empreendedorismo dentro do Grupo na mesma lógica das startups, permitindo desenvolver novos produtos, verificar sua viabilidade, aperfeiçoá-los e multiplicá-los. Com foco na novidade e na melhoria contínua, a plataforma já conta com mais de 6,6 mil usuários, 1,3 mil autores de ideias e aproximadamente 3 mil ideias cadastradas.

Fábrica de religadores monofásicos Rocket-1: protegendo o sistema elétrico e gerando parcerias internacionais

O projeto de P&D dos religadores monofásicos Rocket-1 trouxe uma solução inovadora ao isolar trechos da rede elétrica onde ocorreu a falta de energia, permitindo o fornecimento de energia em outras áreas. O produto já rendeu 10 parcerias internacionais de representação comercial e três patentes nacionais e internacionais. Através da fábrica própria instalada em Atibaia (SP, a Energisa produz mais de 300 religadores monofásicos por mês, que são utilizados pela Energisa ou vendidos para outras concessionárias. A mesma linha de produção comportará a fabricação de outro produto da inovação Energisa, o F-Loco, equipamento para localização de falha na rede de distribuição.

Drones e inteligência artificial na inspeção de linhas e redes

A Energisa utiliza a inteligência artificial combinada com drones para detecção de anomalias na inspeção de linhas e redes. Essa solução resultou mais que triplicou a quantidade de apontamentos de anomalias críticas e muito críticas, sendo capaz de inspecionais mais de 30 mil estruturas em tempo recorde.

VERA (Vegetation Recognition Action): reconhecimento e gestão da vegetação

A plataforma VERA, baseada em imagens de satélite, possibilita o reconhecimento e gestão da vegetação, permitindo o monitoramento e planejamento de podas preventivas. Essa inovação evita impactos com a rede elétrica e interrupções no fornecimento de energia. Assim como os religadores monofásicos Rocket 1 e o F-Loco, o VERA será comercializado no mercado, ajudando a resolver um desafio tão importante e complexo para as distribuidoras e transmissoras de energia.

Prêmio, inteligência artificial

Compartilhe essa notícia