Energisa Juntos

Instituto Energisa lança edital de ocupação de seus espaços culturais e mira em programação cultural diversa

Novos projetos serão selecionados a cada 3 meses, com inscrições abertas ao longo de todo o ano de 2024

Publicada em: 05/01/2024

 Categoria:

 Sustentabilidade

 Região: 

Região: 

Brasil

Os centros culturais do Instituto Energisa em Cataguases (MG), Nova Friburgo (RJ) e João Pessoa (PB) são palcos importantes das cenas locais de arte e cultura em suas cidades. Entre galerias, cafés, jardins e teatros bem equipados, esses espaços receberam no último ano 429 projetos das mais variadas linguagens artísticas, como shows musicais, sessões de cinema, apresentações de teatro, circo e dança, além de exposições de artes plásticas, impactando cerca de 70 mil pessoas.

A Energisa lança agora um edital para produtores e artistas que desejam participar dessa vibrante programação cultural em 2024, com a ocupação gratuita desses espaços. O compromisso é claro: fortalecer as expressões culturais regionais e promover experiências interativas e transformadoras.

O regulamento deste ano traz algumas inovações. Delania Cavalcante, coordenadora de Investimento Social do Grupo Energisa, compartilha as principais novidades nesse vídeo informativo.

Ao contrário dos anos anteriores, as inscrições ficarão abertas durante todo o ano de 2024, selecionando novos projetos a cada 3 meses para a montagem da programação. Essa abordagem trimestral visa promover uma dinâmica mais fresca, garantindo uma rotação de projetos e ampliando a diversidade nos centros culturais. O processo de inscrição é simples, online e totalmente gratuito. Confira no final da matéria os links do edital e do formulário de inscrição.

Estamos entusiasmados com a variedade de propostas que esperamos receber e acreditamos que este edital contribuirá significativamente para o enriquecimento cultural das comunidades envolvidas. Queremos tornar os espaços culturais geridos pelo Instituto ainda mais acessíveis para artistas e profissionais da área, com uma programação plural e diversa. Nosso compromisso é fortalecer as expressões culturais regionais e promover interações significativas nestas regiões – afirma Delania.

As inscrições estão abertas para projetos das áreas de Artes Cênicas, Cinema, Exposições, Inovação e Música. A seleção será pautada por critérios como inovação, pluralidade, acessibilidade, relevância conceitual, abrangência de público, fomento a novos talentos e originalidade.

Por dentro dos espaços do Instituto Energisa

Criado em 2022, o Instituto Energisa tem a missão de fortalecer as expressões culturais regionais e oferecer uma programação eclética. O relatório de atividades 2022 da FOJB (Fundação Ormeo Junqueira Botelho), antiga gestora dos espaços, apresenta um panorama das ações realizadas no último ano.

Conheça a seguir os 4 centros culturais mantidos pelo Instituto Energisa com inscrições abertas para receber projetos. No edital, é possível consultar informações técnicas detalhadas sobre cada espaço cultural.

João Pessoa (PB) – Usina Cultural Energisa

Localizada na antiga sede da primeira subestação da capital da Paraíba, a Usina Cultural Energisa é um exemplo de ocupação cultural dos típicos galpões industriais construídos no início do século XX. 

Ao longo dos mais de 20 anos de existência, o espaço cultural já recebeu mais de 5 mil eventos, com destaque para Festival de Cinema de Países de Língua Portuguesa (Cineport), o Prêmio Energisa de Artes Visuais, o Fest Aruanda, além de nove edições do tradicional Natal na Usina, realizado anualmente com o patrocínio do Grupo Energisa.  

Quatro espaços estão contemplados neste edital: a Sala Vladimir Carvalho (palco para apresentações de teatro e música, debates, palestras e sessões audiovisuais), a Tenda da Música (que recebe performances e apresentações musicais), a Galeria de Arte Alexandre Filho (para exposições de artes plásticas) e uma área externa com jardins (ideal para feiras criativas, performances e apresentações de circo).

Em 2022, a Usina realizou 250 ações e iniciativas culturais. Entre elas, o Palco Tabajara vem se destacou como uma espécie de vitrine da música autoral paraibana, tendo sido contemplado na última edição do edital:

A sala tem uma boa estrutura e ótima acústica. Há um jardim externo que permite uma interação entre os artistas e público, e o local tem um histórico de identificação com a classe artística paraibana. É um ganho enorme para nós levar o Palco Tabajara para lá –  conta Naná Garcez, diretora-presidente da Empresa Paraibana de Comunicação, organização que comanda a iniciativa.

Palco Tabajara FM com Os Fulano
Palco Tabajara com Os Fulano

Cataguases (MG) - Centro Cultural Humberto Mauro e Anfiteatro Ivan Müller Botelho

O Centro Cultural Humberto Mauro foi inaugurado no ano de 2002, nas instalações do antigo Cine Machado, e hoje abriga o Cineteatro Paulo César Saraceni (palco para sessão de filmes, palestras e apresentações de teatro, música e circo),  a Galeria Zequinha Mauro (que recebe exposições de artistas locais e nacionais), além de uma Sala Multiuso. No último ano, o centro recebeu 50 diferentes ações e iniciativas culturais com um público total de 32 mil pessoas, com destaque para a realização da 1ª edição da FLICA - Festa Literária de Cataguases.

O Anfiteatro Ivan Muller Botelho, também em Cataguases, é anexo ao prédio da Energisa e ao Museu Energisa. O espaço recebe palestras, shows e apresentações de teatro, tendo promovido 10 ações e iniciativas culturais em 2022, num total de 5 mil visitantes. O charme do espaço fica por conta do teto retrátil, que pode ser aberto para transbordar a noite estrelada para dentro do evento.

Nova Friburgo (RJ) – Usina Cultural Nova Friburgo

A Usina Cultural Nova Friburgo está localizada no antigo prédio do escritório da Companhia de Eletricidade da cidade, diante da belíssima Praça Getúlio Vargas, no centro de Nova Friburgo. O centro cultural recebe mostras, cursos, palestras, debates, apresentações de teatro, música e dança. Entre os espaços oferecidos neste edital estão a Sala Maestro Joaquim Naegele (Teatro Usina), o Café da Usina, o Salão Nobre e um espaço anexo. A Usina Cultural é um dos principais centros de arte e cultura da cidade, tendo recebido em 2022 projetos de grande repercussão como a exposição “Mundo Circus”, o projeto de ocupação “Ocupa Usina”, “Flinf” e “Artes Urbanas”, com um público estimado de mais de 29 mil pessoas.

Programa Energisa Cultural

Além desta seleção de ocupação gratuita, a Energisa mantém o programa Energisa Cultural, que recebe projetos que buscam patrocínio através de leis de incentivo em todo o Brasil, podendo ou não ser realizados nos nossos centros culturais. As propostas também podem ser enviadas ao longo de todo o ano. Confira mais informações e descubra como enviar o seu projeto de patrocínio.

Serviço:

Edital de seleção de ocupação gratuita dos centros culturais 2024

  • Período de inscrição: ao longo de 2024
  • Divulgação de selecionados: 30/01, 30/04, 30/07 e 30/10/2024.
  • Inscrições: através do preenchimento deste formulário
  • Regulamento: confira o edital completo

Compartilhe essa notícia